@ tainah negreiros

terça-feira, 10 de julho de 2007

Há bem mais sóis queimando entre as estrelas

Tive um sonho ruim hoje. Sonhei que queriam me matar, puseram uma arma na minha cabeça, que agonia, eu vi tudinho, vi meu rosto aflito, e lembro bem de ter pensado: "Não, não agora, eu ainda tenho que encontrá-lo". Engraçado como os sonhos são, agora eu rio, rio de como eles podem ser verdadeiros na sua falta de sentido.
Não, não me mataram. As minhas preces se atendem também em sonho e eu acordo quieta e torcendo pra reaprender a dormir, só deitar e ficar quieta, e que venha, que o sono venha calmo feito o sol que chega, chega fora de hora e me faz tremer.

4 comentários:

Thamires disse...

Tá chegando o dia e eu já sinto saudades...
Amo. ;*

Arthur Tuoto disse...

minha.

Thiika disse...

Isso não é um sonho.
Acho que é um pesadelo.
Mais foi alucinante :P

Lucy disse...

já passou :)

adorei esse visual de agora!

;**