@ tainah negreiros

sexta-feira, 24 de julho de 2009

Um inseto me pegou e eu estou com o olho bem inchado, hoje ainda mais inchado e vermelho que ontem. Acordei e desci para falar com meu pai, e ele me olhou por um segundo e nada mais que isso, fez uma cara séria e triste. Nem é nada demais mas imagino o quanto pra quem ama um rosto vermelho e machucado seja ofensivo, como se fosse um lugar de impossibilidade. "Não, não com ela".

4 comentários:

Sanmya disse...

eu tinha matado. agora tu me acha cruel.

Anne Baylor disse...

Tô achando bacana isso aqui.



=]

HILDA PAIXÃO disse...

SÓ UMA PESSOA DE INTELIGÊNCIA PRIVILEGIDA E DIRECIONADA PARA O BEM,QUE NEM VOCÊ, É CAPAZ DE PERCEBER E COLOCAR EM PALAVRAS TÃO BEM DITAS,ESSE SENTIMENTO SILENCIOSO DE SEU PAI.
VOCÊ É ESPECIAL DEMAIS!

HILDA PAIXÃO disse...

SÓ UMA PESSOA DE INTELIGÊNCIA PRIVILEGIADA E DIRECIONADA PARA O BEM,QUE NEM VOCÊ, É CAPAZ DE PERCEBER E COLOCAR EM PALAVRAS TÃO BEM DITAS E COM TANTA SENSIBILIDADE,ESSE SENTIMENTO SILENCIOSO DE SEU PAI.
VOCÊ É ESPECIAL DEMAIS!