@ tainah negreiros

sábado, 12 de dezembro de 2009

você é enorme
como uma criança
aprendendo as formas das coisas com as mãos
aprendendo dos astros com o calor

aprendendo da rua com a vida.

8 comentários:

Mari disse...

tô achando que o Arthur te inspira ainda mais à distância...hoje foi ótimo!

Anônimo disse...

A RUA SEMPRE FOI UMA GRANDE ESCOLA - TANTO DO QUE DEVEMOS SEGUIR, COM DO QUE FUGIR APRESSADA.
MAS É O MUNDÃO NU E CRU!

hildinha disse...

A RUA SEMPRE FOI UMA GRANDE ESCOLA - TANTO DO QUE DEVEMOS SEGUIR, COM DO QUE FUGIR APRESSADA.
MAS É O MUNDÃO NU E CRU!

hildinha disse...

O ANÔNIMO FOI UM LAPSO

Lisa Alves disse...

há uma criança nesse retrato poético? :)

hildinha disse...

TEM SEMPRE DENTRO DE NÓS UMA CRIANÇA DENTRO DE NÓS QUE SE RECUSA A MORRER. - OBSERVE ISSO EM CADA UM E VERÁS. BEIJÃO

Luciana Marinho disse...

...e pela mão a travessia, o gesto que ama descobrir o mundo com afeto.

Francisco Jamess disse...

lindo.