@ tainah negreiros

domingo, 28 de janeiro de 2007

Mas ainda há vida, muita vida.


É estranho como em momentos ruins o mundo se mostra e às vezes até sorri pra você. Talvez a minha descrença não tenha tanta razão de ser. Sim, há o ruim que passou mas as pessoas me apareceram esses dias, cheias de luz, com uma serenidade e um carinho que fizeram os dias ficarem tão melhores. É, pessoas de perto, amigos maravilhosos, alguns nem tão amigos assim mas que o olhar conforta. Tem gente de longe que acabou ficando e acho que desse lugarzinho ao meu lado não sai mais.

Essa postagem não é pra ser bonita, nem bem escrita, só franca mesmo. Como celebração a esse outro lado que se mostrar sobre a poeira.


E eu posso até sorrir.

Um comentário:

Thamires. disse...

Eu procuro sempre te ver sorrindo. Procuro no teu rosto sempre uma mudança nos lábios. Quando os acho... sinto que fiz algo nessa minha vida de importante!

Amo-te e demais.